Scheidt encerra Mundial de Vela em quinto lugar

Written By Podio Sport on quinta-feira, 18 de setembro de 2014 | 16:08


.

Maior atleta olímpico brasileiro fica fora do pódio da competição e mira preparação para Jogos Rio 2016




São Paulo - Robert Scheidt encerrou sua participação no Mundial de Vela de Santander, na Espanha, com o quinto lugar, nesta quinta-feira (18). Dono de onze títulos mundiais na Laser, o brasileiro foi o quarto colocado na medal race, chegando a duelar diretamente com o holandês Nicholas Heiner, campeão da regata e da competição, e ficou a apenas nove pontos da medalha de bronze. Completaram o pódio o australiano Tom Burton, vice-campeão, e o inglês Nick Thompson, medalha de bronze.

A quinta-feira amanheceu com sol, temperatura em torno de 24 graus e ventos entre 14 e 18 nós (entre 25 e 35 km/h), condições ideais para as regatas decisivas do Mundial de Vela de Santander. Scheidt entrou na disputa da Laser em sexto lugar, precisando tirar 14 pontos de desvantagem sobre o terceiro colocado, Nicholas Heiner, e mostrou poder de reação.

O brasileiro largou passando por trás dos velejadores que vinham do lado de onde o vento soprava e foi ganhando posições, passando em quarto lugar pela primeira boia, à frente de outros favoritos como o australiano Tom Burton e o inglês Nick Thompson, respectivamente sétimo e oitavo colocados na prova. Scheidt ainda brigou por posições com Heiner até a terceira boia, quando o holandês ganhou distância para garantir o inédito título mundial.

Medal race da Laser

"Claro que eu gostaria que o resultado tivesse sido um pouco melhor, mas fiz o melhor que pude. Tive uma boa largada, e foi uma bela medal race", definiu Scheidt, dono de cinco medalhas olímpicas (dois ouros, duas pratas e um bronze), entre as classes Laser e Star.

A experiência de 11 títulos mundiais na Laser e outros três na Star, além de mais três medalhas de prata e uma de bronze, contou a favor de Scheidt no início da competição. O brasileiro chegou a liderar o Mundial já no segundo dia de disputas, com uma vitória e outros dois resultados entre os três primeiros colocados. Mas na fase final, o mau tempo e as poucas regatas disputadas com vento fraco pesaram na classificação do atleta, que competiu com outros 148 velejadores, na classe mais numerosa em Santander.

Heiner e Scheidt duelam

"Não foi um grande campeonato para mim, mas o quinto lugar num Mundial não é para desprezar. Além disso, estou velejando bem, com uma boa velocidade, e melhorando da lesão que sofri no evento-teste no Rio", analisou o brasileiro, patrocinado pelo Banco do Brasil, Rolex e Deloitte, com os apoios de Audi, COB e CBVela. O próximo desafio de Scheidt é a Copa Brasil, em dezembro. "Agora é focar na preparação para os Jogos do Rio, para chegar bem em 2016. Temos esse evento em dezembro, o Pan-Americano no ano que vem."

O Mundial de Vela de Santander também é um evento pré-olímpico, valendo vaga para os Jogos do Rio de Janeiro/2016 para parte dos competidores. Os que não conseguirem se classificar durante o evento ainda terão outra chance em 2015, nos Mundiais de cada classe.

Reação na medal race

Classificação final

1. Nicholas Heiner (NED) - 45 pp (3+10+1+4+3+[12]+12+10+2)
2. Tom Burton (AUS) - 51 pp (5+3+8+2+8+4+[16]+7+14)
3. Nick Thompson (GBR) - 55 pp (1+[18]+11+7+6+8+3+3+16)
4. Philipp Buhl (ALE) - 59 pp (15+2+20+6+[38]+1+1+2+12)
5. Robert Scheidt (BRA)- 64 pp (13+2+1+3+[50]+9+20+8+8)
6. Jean-Baptiste Bernaz (FRA) - 71 pp ([26]+15+2+9+11+6+13+11+4)
7. Charlie Buckingham (USA) - 73 pp (6+[23]+2+8+2+19+2+16+18)
8. Rutger Van Schaardenburg (NED) - 77 pp (14+1+1+[50]+21+3+14+17+6)
9. Sam Meech (NZL) - 84 pp (12+6+2+[43]+16+13+19+6+10)
10. Pavlos Kontides (CYP) - 93 pp (20+12+4+1+25+5+[48]+4+22)


Mais informações em www.robertscheidt.com.br


A I / Local da Comunicação 
Foto / Thom Touw / Divulgação

0 comentários:

Postar um comentário